#rpsp: Deuteronômio 6


Tendo mostrado, no capítulo anterior, os 10 mandamentos do Senhor, Moisés afirma que estas são as leis que Deus deu para que o povo cumprisse de modo que seus descendentes temessem à Deus (isto é, respeitassem como quem Ele é) e tivessem uma vida longa. Ou seja, aqui vemos Deus explicar, em outras palavras, que a lei não somente é uma demonstração de obediência, mas é uma série de orientações para uma melhor qualidade de vida.



"Shemá Yisrael" (ouça, ó Israel)


(v. 4) "O Senhor, nosso Deus, é o único Deus"
E devemos amá-lo de todo o nosso coração (com o intelecto), de toda a nossa alma (através da nossa vida espiritual) e, de todas as nossas forças (através da força físico).

(v. 7) "Ensine-as a seus filhos"
Que conversemos com nossos filhos sobre as coisas do céu em toda oportunidade que aparecer e que testemunhemos o Seu amor à eles através de nossas vidas.


(v. 12) "Não esqueçam do Senhor"
Comumente, na nossa vida, temos a tendência de buscar a Deus nas aflições e O deixarmos de lado nos momentos felizes. O pai nos orienta a não nos esquecermos de onde Ele nos tirou e todas as maravilhas que Ele fez em nossa vida pra que mantenhamos os olhos nEle. 

(v. 13) "Temam ao Senhor"
Temer a Deus, como já foi comentado, significa respeitá-lo e honrá-lo colocando-o em nossa vida no lugar que pertence a Ele, isto é, o primeiro de nossas vidas. Seguir a outros deuses pode, sim, significar literalmente prestar culto à outros deuses (ainda que saibamos que Ele é o único), mas também pode significar que estamos priorizando outra coisas em nossa vida, que não o Pai.

(v. 18) "Para que tudo lhes vá bem"
Deus explica que estas orientações e mandamentos são para o nosso bem, pois ao seguirmos, coisas boas serão as consequências das nossas ações e obediência.

Dos versos 20 ao 25 Deus nos convida a estarmos cientes das razões pelas quais Ele nos dá estas ordenanças através da ilustração de filhos questionando seus pais. O Pai nos pede para obedecermos em amor à Ele de maneira racional, espiritual e através de nossas ações (v. 5).



O capítulo 6 foi muito especial, não é mesmo?
Compartilha essa leitura com alguém! ♥

Quer conversar comigo?
Clica na foto ao lado ou procura
@adventurer_isa no Instagram!


Todas as imagens do post 
foram tiradas do Google 

Mais posts

0 comentários