#rpsp: Deuteronômio 1

O livro que vamos estudar agora no Reavivados por sua palavra é o Deuteronômio. Primeiro, precisamos saber que a origem desta palavra no Português vem de sua tradução grega (septuaginta) e significa "segunda lei". Não por Moisés ter revogado a primeira lei de Deus, mas por ser uma repetição desta. 

Normalmente são necessários apenas 11 dias para ir do Monte Sinal (também chamado Horebe) até Cades-Barneia (ponto 8 ao 12 do mapa acima), mas quarenta anos após a saída do povo do Egito, em algum dia entre Janeiro ou Fevereiro, após derrotar o rei dos Amorreus e, estando em Maabe, à leste do Rio Jordão, Moisés faz o primeiro de quatro discursos que estão contidos no livro de Deuteronômio.

Ainda no monte Sinai, Deus disse a Moisés para levantar acampamento e seguir viagem, pois toda aquela terra Ele havia prometido dar ao povo de Israel e, como o próprio Moisés explica, naquele momento ele se viu com pessoas demais para administrar, então Jetro (seu sogro) o aconselhou a nomear líderes e dividir o peso da responsabilidade entre eles. Assim Moisés o fez.


Logo depois eles seguiram viagem, de fato, chegando a Cades-Barneia, na região montanhosa dos Amorreus e o povo, com medo, sugeriu que Moisés enviasse alguns homens para observar qual o melhor caminho para seguir. Assim Moisés o fez, mas voltando os homens, o povo de Israel ficou atemorizado, porque lá haviam gigantes e, não confiando no poder de Deus, se recusaram a entrar na terra. 

Nesse momento, Deus se irou contra as reclamações do povo e prometeu que ninguém daquela geração, nem mesmo Moisés, entraria na terra prometida. apenas as crianças pequenas que ainda não sabiam o que era certo ou errado. 
Moisés conta que, nessa hora, o povo resolveu voltar atrás e lutar com os povos pela terra, mas Deus os aconselhou a não ir, pois Ele não estaria com eles nesta batalha e, portanto, seriam derrotados.

Mais uma vez o povo não deu ouvidos às recomendações e, de modo arrogante, foram lutar uma batalha desnecessária. Como Deus havia predito, eles foram massacrados no campo de batalha e voltaram para chorar diante dEle, que recusou-se a ouvi-los. Isso tudo explica porque o povo acabou ficando tanto tempo em Cades. 


Curtiu o texto de hoje? Participa do Reavivados por sua palavra comigo! Só deixar um comentário aí! ♥

É só clicar na foto ou procurar
@adventurer_isa no Instagram
pra a gente conversar!

Todas as imagens do post 
foram tiradas do Google ♥

Mais posts

0 comentários