Três anos e o tamanho do biquini


Já se apaixonou por uma roupa na vitrine e, ao vestir, descobriu que não caía tão bem assim? Acho que todos já passamos por isso em algum momento de nossas vidas. E quando resolvemos comprar um biquíni bem bonito para curtir a praia e não encontramos nada que se encaixe bem em nosso corpo? Nesse momento é muito fácil pensar que, talvez, o problema não seja o biquíni, mas o nosso corpo, afinal.

Refletindo sobre isso numa quarta-feira ensolarada, me deparei com a seguinte realidade: eu estou sempre buscando o número errado!
O problema não é o meu corpo, nem mesmo a peça, mas o tamanho em que eu tento me encaixar. E essa revelação me trouxe muito mais do que a solução para meus dias de praia, mas uma lição muito importante que quero hoje compartilhar com vocês.


Observe o diálogo a seguir:

Summer: Trabalha aqui há muito tempo?
Tom: Há uns 3 ou 4 anos.
Summer: Sempre quis escrever cartões?
Tom: Não. Não quero isso nem agora.
Summer: Deveria fazer outra coisa então.
Tom: Estudei Arquitetura, na verdade.
Summer: Foi? Legal. O que aconteceu?
Tom: Não deu certo. Eu precisava de um emprego e aqui estamos nós.

Três anos é o que dura o ensino médio aqui no Brasil, assim como a idade em que meu filho se encontra agora. Ou seja? Três anos é muito tempo. Tom havia passado três anos de sua vida em um emprego que não o fazia feliz e estava acomodado com isso, aceitando essa realidade. Assim nós fazemos quando tentamos nos encaixar num tamanho que não é o nosso.

Muitas vezes aceitamos relacionamentos que não nos fazem bem, empregos que não nos trazem realização, amizades que nos colocam pra baixo e, roupas que apertam mais do que gostaríamos, simplesmente, nos acomodando a essa realidade e, nos esquecemos que a chave para sair dessa situação está única e exclusivamente em nossas mãos.



Nós não fomos feitos para, simplesmente, aceitar o que acreditamos merecer, como cita Bill em As Vantagens de ser invisível. Fomos feitos por alguém extraordinário, para sermos extraordinários e vivermos coisas extraordinárias. Somos todos, sem exceção, dotados de dons e talentos, de uma capacidade intelectual única da nossa espécie, assim como características únicas a cada ser humano. Compreende o quão singular você é? Por isso não podemos aceitar sequer um segundo de nossa vida existindo sem realmente vivermos, tentando em vão nos encaixarmos em peças cujo tamanho não é o nosso.

Tenho certeza que essa mensagem será uma semente plantada em sua mente e eu desejo, do fundo do meu coração, que você possa fazê-la germinar e florescer, trazendo cor e felicidade a sua vida. Você tem a chave, use-a.



Me segue no Instagram pra a gente se conhecer mais ♥

Clica na foto ao lado ou procura:
@adventurer_isa



Mais posts

0 comentários