A força para suportar a dor

 
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deus seu único Filho para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.

Sabe quando você está a um passo de desistir? Quando tudo o que você enxerga é confusão, erros, falhas e dor. Você corre desesperadamente buscando uma solução, mas parece que está nadando há anos contra a corrente. Quando o auxílio que você busca lhe vira as costas e tudo o que você faz parece um erro. Incansavelmente procura entender o que tem feito e o que pode fazer para melhorar; você não quer desistir. Mas, então, tudo é apenas uma sucessão de erros infindável, portanto, resolve que o melhor é não fazer nada, apenas existir enquanto pode.

E mais uma vez se frustra: você não consegue. Até o fazer nada é fazer alguma coisa. E tudo o que você faz resulta em mais dor. Sem saída, sem auxílio e sem esperanças, chega à conclusão que o melhor mesmo a fazer é desistir de vez e desaparecer; deixar de ser um fardo. Vem um furação dentro de si: mais dor.

"Mas, ao menos, a dor é só minha; de mais ninguém. Chega de machucar os outros."
você pensa e resolve ficar sozinha, por fim.

É nesse momento, no deserto, em que mais nos vêm à mente pensamentos perigosos, não é mesmo? Não somente isso, mas tudo o que acontece nos leva a entender que não temos mais necessidade de permanecer aqui. Esses acontecimentos são como a assinatura no fim do papel confirmando que todos os nossos pensamentos ruins acerca de nós mesmos são reais. Ainda que, de fato, eles não sejam.

Se você leu até aqui, talvez tenha sentido uma certa semelhança com alguma situação que tenha ou tem passado. Se sim, lembra de como nessas horas você achou não ter mais forças? Ou ainda que aquela dor havia se tornado tão insuportável e insistente que não aguentaria mais? Ontem passei por um episódio em que me senti exatamente assim.

Então Deus enviou alguns anjos em forma de amigos para cuidar de mim através de amparo e conversas e, uma dessas pessoas leu exatamente esse verso. Verso que conheço muito bem, mas que nunca havia encontrado correlação com esses momentos de angústia. Me fez relembrar e refletir em como Deus sabe que existe sim em mim capacidade para suportar tudo isso e, que nesse momento em que me deparei em um quarto fechado sozinha e desamparada, eu não estava realmente sozinha.

Fazendo a minha meditação no outro dia, Ele me lembrou novamente de quando Jesus esteve quarenta dias no deserto em jejum. Com fome e aparentemente sozinho, Satanás veio, num golpe de oportunidade, como vem à nossa mente com pensamentos ruins sobre nós mesmos e nossa situação. Nos diz que não conseguiremos; nos implanta convicções de que daquele momento não passa e de que não só não somos capazes, como não somos necessários.

E então me relembrei: O amor do meu Pai por mim, é tão grande que foi necessário o sacrifício de Seu filho, que era parte com Ele, para que eu tivesse a esperança e possibilidade de suportar essa dor dilacerante em que me encontro agora.

Em que me encontro agora.
Por enquanto, ainda, mas que passará.

Hoje eu peço que você registre e relembre em sua mente quando estiver nos momentos difíceis e de aparente solidão: não, você não está sozinho, nem desamparado. E sim, você tem total capacidade de suportar e passar por essa situação. Nós estamos todos juntos nessa.

Mais posts

0 comentários